Seu evento

Você está em:
Escolha a cidade que sua festa será realizada
Min 18 Max 30
Seja um Franqueado Anuncie

Seu Evento

Artigos e Dicas

Decoração e Reciclagem

16/03/2013 - decoração, reciclagem, latas, decoração com latas, reciclando latas,

Saiba como aproveitar materiais recicláveis como latas, para decorar e otimizar espaços

Com o crescimento das cidades, cada vez mais precisamos otimizar espaços e reaproveitar materiais.

Aprenda a utilizar latas e outros materiais para decorar sua casa, utilizando-os como porta-sapatos, porta-lápis, e muito mais, contribuindo com a natureza e com seu bolso.

Faça você mesma a decoração de sua casa. Dicas fáceis e simples, confira as imagens.

Imagens: google

Com o crescimento das cidades, cada vez mais precisamos otimizar espaços e reaproveitar materiais.

Aprenda a utilizar latas e outros materiais para decorar sua casa, utilizando-os como porta-sapatos, porta-lápis, e muito mais, contribuindo com a natureza e com seu bolso.

Faça você mesma a decoração de sua casa. Dicas fáceis e simples, confira as imagens.

Imagens: google

Envie um Comentário sobre a Artigos e Dicas

Nome
Email
Cod. verificador
7055
Comentário
ENVIAR COMENTÁRIO

Comentários 00 Comentários. Seja o primeiro a comentar.

Artigos e Dicas
Casamentos no Exterior - Empreendedor de Curitiba fatura milhões

Casamentos no Exterior - Empreendedor de Curitiba fatura milhões

Casamentos; Matrimonio; Exterior; Viagens; Turismo; Eventos;

Com mais de 10 anos no mercado, agência de turismo encontrou grande oportunidade no segmento de casamentos. Na garagem do turismólogo Eduardo Rodrigues, nasceu a Welcome Trips. Com 23 anos o jovem começou a fazer sucesso com viagens de turismo no litoral do Paraná. Dez anos depois, a empresa ja faturou R$ 20 milhões. A grande sacada? Casamentos realizados no exterior. Investir em casamentos foi a carta na manga. Com a popularização de sites de hospedagem e venda de passagens, o setor de turismo foi afetado. A necessidade de reinventar era uma lâmpada acesa constantemente na cabeça do empreendedor. Em 2015 surgiu a oportunidade de fazer quatro casamentos no Caribe e na Europa. A luz piscou. Alguns casamentos de brasileiros fora do país ja haviam sido feitos. Mas era insignificante frente à realidade atual. Passamos um bom tempo investindo em treinamento e qualidade para a nossa equipe, prospectando casamentos, e em 2016 o resultado veio, com 17 casamentos. A Welcome Weddings, empresa que foi o braço direito do empreendedor, notou que havia uma grande oportunidade. De um lado, os produtores de casamento brasileiros tinham dificuldade em promover um evento no exterior, por falta de fornecedores e conhecimento do local. De outro, as agências de turismo fechavam pacotes de translado e hospedagem, mas não sabiam muito sobre a cerimônia. Lá fora, contudo, a indústria já estava pronta. No Caribe (onde são realizados 9 em cada 10 casamentos da empresa), os hotéis oferecem toda uma estrutura para os noivos em troca de uma lotação mínima de quartos. Na prática, com US$ 500 (cerca de R$ 1,6 mil) já é possível fazer uma cerimônia simples, com gazebo padrão, cadeiras plásticas e poucos apetrechos. Muitos casais aproveitam o dinheiro que "sobra" para comprar mimos para os seus convidados. Juliana Kametani e Carlos Eduardo Dutra fizeram isso. Os dois casaram em Cancun, e estimam ter gasto metade do que seria pago em uma cerimônia no Brasil. Compraram bonés personalizados e leques para os convidados, que aproveitaram para usar os souvenires durante a viagem. Olho grande no Brasil Em plena crise econômica, o mercado de "destination weddings" explodiu no Brasil. Do ano passado para cá, o número de cerimônias realizadas pela Welcome Weddings aumentou quase 180%. Do lado dos consumidores, são dois os fatores que explicam esse resultado: os custos costumam ser menores e tem também o lado afetivo, já que em uma viagem os noivos têm mais tempo para curtir amigos e família. O crescimento acelerado empolgou a indústria, em parte, pelo aspecto cultural. Enquanto casamentos de norte-americanos são feitos para grupos pequenos, de quatro até 10 convidados, os brasileiros não raro levam mais de 100, e até 200 pessoas em uma única viagem. Uma mina de ouro, em especial no Caribe, onde muitos hotéis trabalham no sistema "all inclusive". Como os hóspedes já pagaram por comida e bebida liberados, o custo a mais para fazer um jantar reservado, só para o casamento, é praticamente zero.

Artigos e Dicas
15 tendências de decoração de casamentos para 2017

15 tendências de decoração de casamentos para 2017

decoração, casamentos joiville, decoração de casamentos em joinville, wedding joinville, decoração de casamentos 2017, casamentos 2017

Antes de tudo, não podemos deixar de citar a cor de 2017, eleita pela Pantone: o verde Greenery. Um tom claro, fresh e que inspira renovação, segundo Leatrice Eiseman, diretira executiva do Pantone Color Institute. “Enquanto as cores de 2016, Rose Quartz e Azul Serenity expressavam a busca por paz em um mundo caótico, em 2017, Greenery traz a segurança e a esperança que precisamos em tempos de um ambiente social e político tumultuado. Satisfazendo nosso desejo crescente por rejuvenescer e revitalizar, a cor simboliza a reconexão que buscamos com a natureza, com as outras pessoas e com um propósito maior.” E pelo que conversamos com os decoradores, parece que a cor vai pegar mesmo esse ano. CORES 1 – VARIAÇÕES DO VERDE GREENERY Bruno Zani, da Cenográphia – “Acredito que a cor Greenery, indicada pela Pantone como a cor do ano para 2017, não será explorada integralmente no seu tom mais cítrico. O chic será saber trabalhar as tonalidades e a força do verde. Acredito que as estampas tropicais e os arranjos com muita folhagem voltarão com a força total. Na minha opinião o tal Greenery, usado na sua forma mais pura, perde um pouco do “perene”. Vira “modinha” se não for bem utilizado.” 2 – OURO ROSÉ Luciano Martins e Fábio Mattar, da 1-18 Project – “Sem dúvida nenhuma algumas dessas tendências já vem sendo apontadas durante algum tempo, tais como, uma maciça procura pela cor tão desejada – o ouro rosé.” 3 – CORES FRIAS PARA UM DECOR MAIS CLEAN Tais Puntel – “Desde que o vinho chegou através do Marsala, cerca de dois anos, começou-se um processo de “colorir” as decorações com cores até então não usuais. Para 2017, acredito que haverá uma desconstrução destas através de um decor mais clean e limpo, muito importado do estilo escandinavo. Para tanto, aposto no mix entre estas cores fortes que citei (e aqui acrescento o verde e o cinza azulado, quase petróleo) com cores frias, como o branco e prata.” 4 – VINHO, VERDE E LARANJA Carla, da Flor & Forma – “Tons fortes, como o vinho, verde e um pouco de laranja também marcam seu território nas decorações.” 5 – TONS ABERTOS E EM UMA MESMA FAIXA DE COR Luis Fronterotta, da Disegno – “Percebo que teremos decorações com tons mais abertos e fechados dentro da mesma faixa de cor. Por exemplo, coral, laranja e até vermelho juntos.” Iza Urbinati – “Uma tendência para mim para este ano será menos mistura de cores. Aposto nas cores mais sólidas para este ano, cores únicas misturadas aos verdes e folhagens.” ACESSÓRIOS E MATERIAIS 6 – CORDA E FIBRAS NATURAIS Kátia Criscuolo, Congregabahia – “Nos acessórios decorativos, muita corda e fibras naturais serão usadas este ano.” 7 – CESTARIA Luiza Ceridono, da Bothanica Paulista – “A cestaria terá grande destaque em 2017. E todas, das mais naturais, de fibras e cores neutras, ate as indígenas e africanas.” 8 – FORMAS GEOMÉTRICAS NO AÉREO Carla, Flor & Forma – “Temos dois caminhos de tendências. As formas geométricas, principalmente nos aéreos, e o orgânico das plantas e folhagens, que já começou no fim de 2016, mas será uma tendência forte em 2017.” 9 – TAPETE TURCO COLORIDO Tais Puntel – “O tapete ikat (linha turca colorida) misturado a cores frias é uma aposta minha.” 10 – A VOLTA DA PRATA Luis Fronterotta, da Disegno – “Tivemos uma fase muito forte de porcelana e cobre, mas agora aposto na volta da prata de uma forma mais moderna, mais lisa e menos rebuscada como as de antigamente. Isto trará mais elegância e dará espaço para a ousadia das flores. Os pratos desenhados continuam, mas também menos rebuscados, e sim mais leves e delicados.” 11 – MESAS COM TOALHA Iza Urbinati – “A roupa de mesa deve estar muito presente e voltar com tudo! Passamos por uma fase de mesas de madeira, de ferro, de vidro, de espelho e agora usaremos de novo muitas toalhas de mesa.” 12 – MATERIAIS ALTERNATIVOS E RECICLÁVEIS Luciano Martins e Fábio Mattar, da 1-18 Project – “Um ponto que merece destaque é a imensa quantidade de materiais alternativos e recicláveis que hoje temos disponíveis no mercado, produzindo efeitos incríveis cenográficos na arquitetura destes casamentos. Dentre eles, manta acrílica, retalhos de madeira, placas de tecido e laminados.” 13 – VELAS NA CERIMÔNIA Em 2017, percebemos que as velas tendem a descer das decorações aéreas para ocupar outros lugares, como a decoração da nave. Alguns decoradores já assinaram projetos com a ideia, e a gente gostou muito do efeito mágico que as velas criam na entrada dos noivos. DECORAÇÕES AÉREAS 14 – INSTALAÇÕES AÉREAS Depois dos enormes jardins suspensos, que ainda continuaram a aparecer, nossa aposta para 2017 são as opções sem flores e com uma pegada moderna – os mais diversos materiais que juntos criam uma espécie de instalação no decor. PISTA DE DANÇA 15 – LUSTRES NO LUGAR DE GLOBOS Amanda Madeira, Se Souvenir – “Na pista de dança, este impacto virá pelos brilhos e jogo de luzes. Os globos saem de cena e dão lugar aos lustres de cristais, e o piso light way, de led, será uma forte tendência neste ano.”